“Isso é Impossível!”

Quantas vezes já ouvi isso?

O que é impossível? Como saber se algo é realmente impossível?

Muito do que antes era considerado impossível hoje é lugar comum.

Voar, por exemplo. Antes da invenção do avião, voar era coisa para pássaros, morcegos e insetos. Hoje transportamos 300 pessoas em uma máquina de metal voadora, atravessando oceanos e continentes, de uma só vez.

A impossibilidade de muitas teorias e conjecturas só existe temporariamente, devido, principalmente, aos limites do conhecimento e das tecnologias atuais. Porém, ambos avançam paulatinamente, ou seja, esses limites não são fixos; são transpostos a cada momento.

A pergunta mais correta que deveríamos fazer é “existem limites para os progressos tecnológicos, para as descobertas científicas?”, pois esses são os fatores determinantes para o dilema dos limites humanos.

Enquanto a razão puder desvendar o funcionamento dos sistemas naturais, estaremos progredindo rumo ao domínio e uso correto das forças presentes em nosso meio.

Claro, isso seria realidade se no nosso mundo não houvessem interesses egóicos e nem ignorância de valores. Quantas descobertas, quantas invenções não tiveram suas influências alteradoras e esclarecedoras totalmente abafadas, escondidas e deturpadas a fim de proteger os interesses de alguma classe social ou grupo específico?

O que é, portanto, impossível?

Nada. Algo só parece impossível porque, através da crença coletiva ou individual, reagimos como seres impotentes, inúteis e frágeis, quando na realidade temos total liberdade para acreditarmos no oposto. “Basta acreditar para algo se tornar possível?” Não. Acreditar apenas dissipará a maior barreira, que é o medo. A partir daí, cabe a você explorar os territórios do desconhecido com coragem, criatividade e desapego.

Se junte à conversa

1 comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta para Adeyvison Siqueira Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: