Breve Relatório de Viagem

Viajar sempre é uma experiência única. Mesmo quando se vai passar um final de semana na praia, por exemplo. Pois você nunca sabe o que vai encontrar assim que põe o pé na estrada.

Fui e voltei de Londres. Que lugar fantástico. Viajar sozinho, a trabalho, para um lugar como esse e ficar lá por um mês é uma experiência mais que única. É algo que muda a sua vida, é como um marco. Há o antes e o depois desse marco. Há o Tiago de antes e o Tiago de depois. Algo assim muda o seu jeito de agir, o modo de encarar as pessoas e as situações.

Estando lá, tive que encarar diversos problemas, diversas situações que exigiam decisões e atitudes. Parece até que passei por um período de testes, de “sobrevivência na selva”, como se fosse a agogê espartana mostrada no filme 300. Claro que não chegava a tanto, mas com certeza teve fins parecidos. Um novo Tiago vos fala aqui. Talvez um pouco mais pragmático, mais crítico, mas também menos temeroso, mais responsável, menos ingênuo. Diria também que adquiri um conhecimento melhor de como o mundo funciona, e qual o meu lugar nele… é engraçado como a cultura muda de um lugar para outro, mas as pessoas continuam sendo as mesmas. Dá para ver através do véu das aparências, das convenções sociais, das roupas e de toda a parafernália que constitui os chamados “bons costumes e regras de comportamento” em um povo, os mesmos conflitos, os mesmos dilemas, a mesma necessidade de carinho, de reconhecimento…

Sim, estive em contato com uma cultura incrível, aprendi muito com as pessoas com as quais trabalhei e convivi. Visitei castelos, museus, monumentos, praças e inclusive um círculo de pedra. Sim, tive a oportunidade de visitar Stonehenge, em toda a sua majestade e magnificência. Pensar que estive a alguns metros de uma das construções mais antigas do mundo dá, no mínimo, uma sensação de imenso respeito.

Acho que todos deveriam ter a chance de passar por algo semelhante. Não precisa ser longe – poderia ser algum país mais próximo. Fazer um intercâmbio, talvez. Mas procurar ter essa experiência na sua “bagagem de vida”.

Agora voltamos à nossa “programação normal”.

Se junte à conversa

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: